terça-feira, 22 de maio de 2007

A celebração do Niilismo



A existência humana é, sem dúvida, uma das esferas do Universo que comporta em si uma elevada ambiguidade. Tal facto, pressupõe que nós, simples mortais, andemos constantemente desalinhados com o Universo. Num dia acordamos cheios de vontade para mudar o Mundo e de lutarmos pela nossa realização pessoal. No dia seguinte, sentimo-nos seres inferiores, infelizes, injustiçados...sem energia para dar ao Mundo, com a Porta da Alma fechada e em que o "Nada" invade a nossa capacidade de agir, convergindo o nosso pensamento para o vazio...estes dias deviam ser considerados feriados: "Os Feriados do Niilismo"! Que tal vos parece? Sim, já que nesses dias cinzentos, tudo é negativo, que tal sairmos para a rua comemorar o "Nada"?! Penso que seria uma boa solução para não nos afogarmos em tristezas e sempre fazíamos circular alguma energia positiva, pois o Universo precisa dessa energia.
Portanto, aqui fica a sugestão: sempre que sintam energia negativa ou uma espécie de estagnação energética, a qual convergirá para o "Nada", saiam dos vossos casulos, juntem-se a outros seres ou dirigam-se a elementos naturais, e CELEBREM O NADA! Pois se pensarmos um pouco, o "Nada", por vezes, pode conduzir a muitos lugares e pode tornar-se num "Tudo"...


LiliFlor

Um comentário:

Shin Tau disse...

heheheheh

gostei da ideia do Feriado do Niilismo!
Sem dúvida que os opostos se tocam, basta que o mago compreenda em quais dele está e faça a sua vibração aumentar, de forma a ir para aquele que tem mais luz.

Um beijo grande e foi um prazer enorme "encontrar-te"

Kisses

P.S. Sincorinia engraçada, as palavras de confirmação deste comentário são birida, hihihhihi, tiramos o primeiro i e dá brida!