sábado, 21 de abril de 2007


"O valor das coisas não está no tempo que elas duram, mas na intensidade com que acontecem. Por isso, existem momentos inesquecíveis, coisas inexplicáveis e pessoas incomparáveis." 

Fernando Pessoa


A intemporalidade da escrita de Fernando Pessoa destaca-se mais uma vez neste esclarecimento sobre o valor de tudo o que nos rodeia. A intensidade dos momentos que vivemos é, sem dúvida, superior à sua duração. Se pensarmos nas nossas experiências pessoais, é mais do que certo que vêm à memória momentos de felicidade plena...momentos esses que se calhar duraram minutos, segundos, mas que foram extremamente intensos. Até ficamos com a sensação que "aquele momento" durou uma eternidade, mas que na realidade temporal, não durou mais do que uns minutos, umas horas...
Presentemente, as pessoas vivem cada vez mais em função do tempo e deixam que isso regule as suas vidas, não dando importância à intensidade das coisas vividas...talvez por se encontrarem numa espécie de adormecimento latente.
LiliFlor

2 comentários:

Lemon disse...

...infelizmente é verdade que vivemos cada vez mais em função do tempo, e é tão pouco! Até parece que vivemos com o objectivo de sermos a pessoa mais rica do cemitério...lol

Mas nem tudo está perdido, afinal ainda "...existem momentos inesquecíveies, coisas inexplicáveis e pessoas imcomparáveis."
;)

Anônimo disse...

Apesar do atraso, e aí vem a questão tempo de novo, não poderia deixar de elogiar a apresentação do pensamento do Grande Fernando Pessoa, que nos faz lembrar que a vida tem que ser vivida com intensidade para que possamos ter realmenmte momentos inesquecíveis.